UGT contra diferença salarial entre homens e mulheres nos mesmos postos

A UGT defendeu esta terça-feira a igualdade salarial para homens e mulheres a desempenhar as mesmas tarefas sociais como indispensável para a justiça social. “A luta da igualdade de género deve ser uma luta nos campos de intervenção social e profissional, portanto não faz sentido que uma empresa pague menos a uma mulher do que a um homem por uma discriminação de sexo. Se fazem exatamente o mesmo trabalho, têm direito à mesma remuneração”, afirmou o secretário-geral da UGT, Carlos Silva.
Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

UGT recusa excluir contratos até 3 meses dos fundos de compensação

A presidente da UGT, Lucinda Dâmaso, recusa excluir os contratos até três meses dos fundos de Compensação do Trabalho e de Garantia de Compensação do Trabalho, mas está disponível para acertar pormenores e prazo.

“A UGT não está disponível para aceitar a questão dos três meses. Estaremos disponíveis para em mesa negocial, que vai ser num grupo de trabalho e depois vai para a concertação social, acertarmos qual vai ser o período que nós aceitaremos”, disse Lucinda Dâmaso, à saída da reunião da Concertação Social, onde o tema foi discutido.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Dia da mulher 2015

Veja as fotos do dia da mulher, um dia especial em que de forma simbólica em homenagem a todas as mulheres trabalhadoras, a UGT Madeira surpreendeu as trabalhadoras da súde com a oferta de uma rosa.

O nosso muito obrigada a todos pela forma tão carinhosa com que fomos recebidos.

 

 

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Prevenção de Riscos Profissionais

O Assédio Moral no Trabalho não e um fenómeno novo. Podemos dizer que é um problema tão antigo como o trabalho.

A “novidade” reside na intensificação, na gravidade, na amplitude e na banalização do fenómeno e na abordagem que estabelece o nexo causal com a organização do trabalho.

É, pois, um fenómeno grave que acarreta sérias consequências para a saúde física e mental dos trabalhadores e trabalhadoras.

Por esta razão, dedicamos este número ao Assédio Moral no Trabalho, donde colhemos contributos do Departamento das Mulheres da UGT, na elaboração da Ficha Prática PRP

Consulte aqui o documento.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Secretário Geral da UGT criticou em Washington, as políticas de austeridade

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, criticou hoje em Washington as políticas de austeridade num encontro de alto nível com representantes do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Mundial e sindicatos de todo o mundo.

“Perguntei porque é que o FMI continua a insistir na receita de austeridade tantos anos depois, agora que conhecemos os resultados no crescimento económico e nos níveis de desemprego”, disse Carlos Silva à agência Lusa.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email