41 anos – 25 de Abril

Relembramos que faz hoje 40 anos que se realizaram as primeiras eleições democráticas no país, muitas reformas ultrapassámos desde então.

Enaltecemos o papel de todos os democratas que consolidaram, todos os dias, a nossa democracia e permitiram o desenvolvimento das nossas competências autónomas.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Reunião do Conselho Geral

O Conselho Geral da UGT Madeira reuniu dia 18 de abril, com a seguinte ordem de trabalho:

  • Revogação da Resolução anterior;
  • Apresentação do Relatório de Contas referente a 2014;
  • Plano de Atividades para 2015;
  • Orçamento para 2015;
  • Atividade alusiva ao 1º de maio.
Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

UGT lamenta decisão e rejeita argumentos

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) abandonou a UGT e vai ser um sindicato independente.

A UGT “lamenta” a decisão do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil e rejeita  os argumentos apresentados “pelo facto de não serem verdadeiros”.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

UGT entrega aos partidos políticos no final de abril contributos para as próximas legislativas

O Guia para a Próxima Legislatura, como o secretário-geral da UGT apelidou o documento, tem como um dos objectivos voltar aos direitos dos trabalhadores antes da entrada da ‘troika’ em Portugal

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, disse hoje que, entre os feriados do 25 de Abril e do 1 de maio, a central sindical vai apresentar aos partidos políticos um conjunto de contributos para as próximas eleições legislativas.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

UGT contra diferença salarial entre homens e mulheres nos mesmos postos

A UGT defendeu esta terça-feira a igualdade salarial para homens e mulheres a desempenhar as mesmas tarefas sociais como indispensável para a justiça social. “A luta da igualdade de género deve ser uma luta nos campos de intervenção social e profissional, portanto não faz sentido que uma empresa pague menos a uma mulher do que a um homem por uma discriminação de sexo. Se fazem exatamente o mesmo trabalho, têm direito à mesma remuneração”, afirmou o secretário-geral da UGT, Carlos Silva.
Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email