Fim da Violência contra as Mulheres

A UGT Madeira associar-se-á à campanha promovida pela Câmara Municipal do Funchal, pelo Fim da Violência contra as Mulheres, através do Departamento de Educação e Qualidade de Vida, iniciativa que se realiza quarta-feira dia 25 de novembro, ‘Diga não à violência contra as Mulheres’’ a partir das 15 horas no Átrio da câmara Municipal.

Esta campanha visa sensibilizar a comunidade e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres, visando a Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Feriados foram “artifício” para acordo de Concertação em 2012

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, afirmou que a supressão dos quatro feriados foi um “artifício” criado pelo Governo anterior para alcançar um consenso em torno do acordo de Concertação Social de janeiro de 2012.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

UGT admite que com executivo do PS haja maior convergência com CGTP

O secretário-geral da UGT considera que poderá haver um ambiente propício a maior convergência entre centrais sindicais.

O secretário-geral da União Geral de Trabalhadores (UGT), Carlos Silva, considerou, esta quarta-feira, que, com um Governo do PS apoiado pelos partidos à sua esquerda em funções, poderá haver um ambiente propício a maior convergência entre centrais sindicais.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Salário mínimo como “arma de arremesso” entre partidos

O secretário-geral da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Carlos Silva, considerou “um erro” a discussão à volta do salário mínimo nacional ser levada a cabo na praça pública “como se fosse uma arma de arremesso entre partidos”.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

UGT pede ao próximo executivo, “à direita ou à esquerda”, que governe bem

“Precisamos de confiança na nossa economia. Depois de quatro anos de sacrifícios vividos temos que reverter estas políticas”, sustentou o dirigente sindical na sessão de abertura da conferência ‘Setor Bancário Português: a Supervisão e a Regulação.
Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email