41 anos – 25 de Abril

Relembramos que faz hoje 40 anos que se realizaram as primeiras eleições democráticas no país, muitas reformas ultrapassámos desde então.

Enaltecemos o papel de todos os democratas que consolidaram, todos os dias, a nossa democracia e permitiram o desenvolvimento das nossas competências autónomas.

Mesmo em tempos de crise, onde os problemas sociais são intensos e nos quais destacamos o volume, inaceitável, do desemprego e a manutenção de políticas que potenciam o empobrecimento da sociedade e as assimetrias sociais, que têm atingido todos os cidadãos. Temos o direito e o dever de, no exercício das nossas competências, defender os atos, procedimentos e formalidades, próprios do regime democrático, criando as alternativas que melhor sirvam o bem comum.

Num quadro de desigualdade, cada vez mais evidente, entre o capital e o trabalho, o papel dos parceiros sociais e do movimento sindical, em particular, é cada vez mais central e insubstituível.

Esperamos que este 25 de Abril de 2015, nos traga novas políticas e uma democracia mais justa.

Após o último escrutínio regional, esperamos que seja centrado nas pessoas e no trabalho um novo ciclo de políticas, que tenha como objectivo os grandes desígnios nacionais e regionais.

Num estado democrático é essencial uma politica tripartida, com o intuito de reforçar os princípios participativos entre sindicatos, patrões e governo. Pelo que aguardamos iniciativas regionais que promovam um melhor diálogo social.

Temos a consciência de que se exercemos o papel, que nos cabe como parceiros sociais, teremos uma sociedade mais justa e equilibrada. O povo português abraçou o regime democrático que como é sabido é sempre frágil e necessita de um cuidado permanente, salientando o papel crucial na defesa dos trabalhadores.

Não é demais recordar “Abril” e assinalar a sua importância, como um bom sinal de evolução democrática.

Hoje  celebram-se algumas sessões comemorativas do 25 Abril por todo o país, a destacar cá na Região a Assembleia Legislativa da Madeira e a casa do povo da Madeira.

Viva o 25 de Abril.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email