G20/OCDE – UGT quer apoio de Portugal para acordo ambicioso sobre tributação mínima às multinacionais

Numa carta enviada ao primeiro-ministro, a UGT Portugal apelou a António Costa para que apoie um acordo “sólido e ambicioso” em relação à taxa tributária mínima global sobre as multinacionais, defendendo um valor acima dos 15% acordado pelo G7.

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someone