Salário Mínimo na Função Pública – UGT considera que se poderia ir mais além no sector privado

O Presidente da República promulgou o decreto do Governo que atualiza de 580 para 635,07 euros o salário mínimo na função pública, contudo deixou algumas chamadas de atenção relativas à opção política escolhida pelo Executivo.

Num comentário a esta questão, o Secretário-geral Adjunto da UGT, Sérgio Monte, no Fórum TSF, considerou pertinentes as chamadas de atenção deixadas pelo Presidente, justificando que este aumento “deixa um sinal claro que o salário mínimo nacional no sector privado poderia ser superior aos 600 euros como a UGT sempre defendeu”, mas tal não aconteceu por responsabilidade das entidades patronais que não quiseram chegar a acordo.

O dirigente sindical acrescenta ainda que este aumento “é um sinal de que em sectores onde houver uma capacidade reivindicativa, onde houver negociação coletiva, devemos pugnar por um salário acima dos 600 euros”.
(in TSF)

Partilha este artigo na tua rede...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email